Os Melhores Hotéis Vínicos e Herdades do Alentejo

O enoturismo no Alentejo está em expansão e são diversas as unidades hoteleiras capazes de satisfazer o enófilo mais exigente. Vejamos uma resenha de alguns dos melhores hotéis vínicos e herdades enoturísticas do Alentejo:

Hotéis Vínicos

  • vinic Hotels and Estates AlentejoL’ AND Vineyards Hotel: um hotel vínico de 5 estrelas que, ao contrário de outros, está realmente rodeado de grandes vinhedos. Situado em Montemor-o-Novo, o espaço inclui serviço de SPA, piscina exterior e interior (aquecida), restaurante com serviço condizente com a categorias do estabelecimento e suites com claraboias, as chamadas “sky suites”.
  • Convento do Espinheiro: antigo ponto de paragem da família real portuguesa, foi transformado num hotel vínico de luxo. O seu jardim privativo tem 8 hectares, garantindo tranquilidade e discrição durante as férias. Está situado a 5 km de Évora, cidade que durante séculos foi uma das mais importantes de Portugal, justificando a presença habitual dos reis e a visita cuidadosa dos turistas da atualidade.
  • Torre de Palma: situado em Monforte, ocupa uma antiga propriedade latifundiária cujas origens remontam ao século XIV. A vista sobre as terras em redor é soberba.

Quintas e Herdades

  • Herdade dos Grous (Albernoa, Beja): inclui um restaurante, sala de jogos, “court” de ténis e piscinas.
  • Monte da Ravasqueira (Arraiolos): permite praticar atividades de “outdoor” e visitar um interessante museu de carruagens antigas.
  • Adega Mayor: em Campo Maior, trata-se de um projeto contemporâneo, atribuído ao arquiteto Siza Vieira.
  • Herdade da Malhadinha Nova (Albernoa, Beja): a quinta produz o seu próprio azeite, além do vinho, e convida os clientes a fazer piqueniques no seu vasto jardim.
  • Herdade do Esporão (Reguengos de Monsaraz): trata-se de uma das primeiras iniciativas modernas na área da vitivinicultura do Alentejo. Produz dos melhores vinhos da região (sendo um dos mais recentes o Branco Verdelho 2015) e foi uma das grandes promotoras de Reguengos de Monsaraz como Cidade Europeia do Vinho 2015.